Filhos, como crescem!



Imagem retirada daqui
Já comentei aqui o quanto eu sou uma pessoa nostálgica e, com a maternidade, parece que esse sentimento ficou mais acentuado em mim, mas é uma nostalgia saudável, gostosa, daquelas que quando sinto, ou melhor, quando sentimos por aqui, sorrisos são esboçados, histórias são contadas (algumas são até repetidas), lembranças vêm à tona como se fosse algo vivido “ontem” ou “um dia desses”, desde os primeiros momentos recheados de emoção e descobertas pra todos nós. Um misto de sentimentos que nos remete da gravidez até...acredito que é pra sempre, hein?! Por aí é assim? : )

De uns tempos pra cá, olhamos pra Milena e vemos o quanto ela cresceu, não temos mais um bebê aqui, temos uma criança que está aprendendo tanta coisa e tantas outras a desenvolver em seu tempo. Seu tamanho que, não precisa de medidor de altura, basta olhar.

Já vivenciamos algumas fases, umas até antes do esperado devido prematuridade ao nascer e, acredito que, se há saudosismo, é porque foram momentos bem vividos. Além desse lado nostálgico, há um sentimento de expectativa pela fase atual e por tantas outras que virão. Se eu pudesse descrever filhos e suas fases, diria que são como uma caixinha de surpresas, cheia de novidades, dúvidas, descobertas e, mesmo com alguns comportamentos esperados em determinadas fases, se não fazem algo “esperado” em uma delas, eles nos surpreendem e demonstram outras ações sábias que nos enchem de orgulho.

Esses ápices destes sentimentos, ao vê-la, têm sido frequentes por aqui e, ao mesmo tempo, me questiono se estaremos preparados para as novas fases...a época escolar e os estudos, novas brincadeiras, a adolescência e por aí vai...dá um leve arrepio de pensar neste futuro. Daremos conta? Mas descobri que, quando nos tornamos pais, a própria natureza se encarrega de nos preparar, não é? Afinal, não nascemos já sabendo como trocar fraldas ou como carregar um bebê no colo direitinho ou, até mesmo, como lidar com situações inesperadas. Filhos nos transformam!

E assim, vamos contemplando mais ainda as nossas descobertas como pais, pois em um piscar de olhos, quanta coisa muda e não é somente nos tamanhos de roupas e calçados, mas também no coração. O amor só aumenta! 
Abraços,

Larissa Andrade.

10 comentários:

  1. ai amiga como crescem
    também sinto saudades
    do tempo da minha mas velha
    o bom que to revivendo alguns momento
    com a mais nova
    e não foi realmente só as roupas que cresceram
    não o amor também
    Linda Tarde
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda,
      como crescem, né?! e o amor acompanha e, cabe a nós, aproveitarmos cada fase...
      Beijos,
      Larissa Andrade.

      Excluir
  2. Crescem muito rápido e nos causam muito espanto...a gente vai se adaptando a cada nova fase e aproveitando o máximo, porque quando abrirmos os olhos eles já estarão tão crescidos e aí a saudade virá com tudo, né?!
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Myriam,
      Fica aquela sensação de "parece que foi ontem" rsrsrs, mas vamos aproveitando que ainda virão muitas fases...rsrs
      Bjos,
      Larissa Andrade.

      Excluir
  3. Oi Larissa! Apesar de eu curtir demais cada fase dos meus filhos, sinto uma saudade enorme quando penso nos momentos bebê, revejo as fotos, as filmagens... Nostalgia total! Quanto ao futuro... Também tenho meus receios. Não com relação a orienta-los, mas com o mundo que vão encontrar. Mas vamos focar no presente e não deixar nossos medos nos atormentar. Um grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisa!
      É bem assim que eu me sinto, com aquela nostalgia e, quanto ao futuro, tenho o mesmo receio. Mas vamos aproveitar o agora, já que passa rápido! rsrsrs
      Beijos,
      Larissa Andrade.

      Excluir
  4. Oi Larissa, vim dar uma passadinha por aqui...
    Eu também ando meio nostálgica, mas no bom sentido também...rs
    Meu filho acabou de completar 4 anos, e como eles crescem viu...rs
    Essa é uma nova etapa, depois virá outra importante, quando iniciar o ensino fundamental, enfim, são fases novas, que mostram que nossos bebês estão crescendo, cheios de saúde, alegria... e a gente vai ficando com as belas recordações vividas...
    Bjs
    Ju
    Mãe Sem Fronteiras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana,
      É um misto de sentimentos bons que, mesmo com a nostalgia, criamos expectativa para as novidades de novas fases que chegam em um piscar de olhos, né?!
      Obrigada pela visita!
      Bjos,
      Larissa Andrade.

      Excluir
  5. Larissa eles crescem rápido demais, sinto saudade dos rostinhos fofinhos, mas para mim estou vivendo o melhor momento com minhas meninas, pois elas estão interagindo de uma forma tão gostosa.


    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Desirée,
      Também sinto falta da Milena bebezinha, mas quando olho pra ela e vejo como ela está agora e o que já faz, vou aproveitando também...e por aí, deve ser uma delícias as três interagindo, hein?! :)
      Beijos,
      Larissa Andrade.

      Excluir

Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...